Banese

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Entrevista: “O comércio sergipano é sólido, mas está passando por momentos difíceis”

Hugo França: “A Fecomércio está sempre atenta aos assuntos da classe”

O atual presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio), Hugo Lima França, é também presidente do Sindicato do Comércio Atacadista de Sergipe (Sincadise) e, esta semana, em entrevista especial ao caderno Sergipe Notícias, fala sobre os desafios e a situação do comércio sergipano. Confira a entrevista!

Sergipe Notícias: Como está sendo, para o senhor, este novo mandato na Fecomércio?

Hugo França: É mais um desafio em minha vida e, com a força de Deus e dos meus pares de Diretoria, estamos trabalhando para engrandecer a nossa instituição. A Fecomércio é o guarda-chuva que ampara o Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). O Sesc é a casa dos comerciários e queremos que eles utilizem ao máximo este espaço. Temos um restaurante e um setor odontológico, dentre outros serviços, com preços acessíveis, que são tão bons quanto os particulares. Pelo Senac temos feito várias ações com foco na aprendizagem. O Programa Senac de Gratuidade (PSG), por exemplo, oferece vagas gratuitas para jovens e adultos de baixa renda. É por meio desses cursos que são geradas mais oportunidades de trabalho e emprego a esses jovens.

Sergipe Notícias: Como tem sido, nos últimos anos, a atuação da Fecomércio em Sergipe? Quais ações, na sua opinião, merecem destaque?

Hugo França: A Fecomércio está sempre atenta aos assuntos da classe, como também representa os empresários nos órgãos estaduais, municipais e federais, e luta pelos nossos direitos que muitas vezes são tirados sem nenhum entendimento. É, por assim dizer, o órgão jurídico que defende os interesses dos empresários, que orienta os comerciantes e defende as causas do comércio. Minha proposta é acertar, fazer sempre melhor, e por isso iniciamos a reativação do nosso Instituto de Pesquisa. Estamos definindo os últimos detalhes para que, até o final de novembro, possamos iniciar as atividades. A partir de então vamos medir a temperatura do comércio. Dentre nossas ações, destaco a Certificação Digital e a Medicina do Trabalho. Além disso, como já citei, o Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento.

Sergipe Notícias: Qual a avaliação do senhor sobre o comércio sergipano? Os números estão de acordo com o esperado?

Hugo França: É um comércio sólido, porém estamos passando por momentos dificílimos. Os números precisam realmente melhorar bastante, pois temos um custo operacional fixo e as vendas estão abaixo do esperado. Vamos esperar que o novo Governo reveja a carga tributária, este mal que está matando as empresas de Sergipe e do Brasil.

Sergipe Notícias: A Federação do Comércio vai reativar seu Instituto de Pesquisas. Como vai funcionar o Instituto e qual a sua importância para o nosso Estado?

Hugo França: Sim, é prioridade da nossa administração, inclusive fui o fundador do Instituto. Vamos trabalhar com pesquisas ligadas ao consumo, endividamento dos clientes, perspectivas de vendas, renda dos trabalhadores etc. O Instituto foi criado há mais de 12 anos e estava praticamente desativado. Na última reunião de Diretoria, fui muito cobrado para reativar o instituto, posição defendida por vários diretores. Eles disseram não ser mais possível o empresariado trabalhar sem o apoio de um Instituto. É de importância fundamental para que o comércio tenha um termômetro que sinalize os prós e os contras na hora de tomada de decisões para desenvolver o seu ramo de atividade. Pesquisa hoje é um mal necessário. Digo um mal, porque revela diversos pontos que precisam ser corrigidos.



Shopping Prêmio‏ realiza I Passeio Ciclístico

No dia 1º de outubro, o Shopping Prêmio vai comemorar três anos de sucesso e preparou uma programação especial. Para marcar o início das comemorações, o centro de compras vai realizar neste sábado (27), em parceria com a Prefeitura municipal de Nossa Senhora do Socorro, o I Passeio Ciclístico Prêmio.

Previsto para começar às 09h, o passeio percorrerá várias ruas do município e pretende reunir pessoas de todas as idades. “Para celebrar uma data tão importante, não tem nada melhor que reunir quem ajudou a fazer do nosso Shopping um sucesso, o nosso público. E melhor que isso é promover uma reflexão sobre o uso da bicicleta, de que forma podemos fazer nossa parte em prol da preservação do meio ambiente e estimular o respeito no trânsito”, explicou a gerente de marketing Liliana Levendakos.

O ponto de partida será o estacionamento do shopping e os primeiros 500 ciclistas que chegarem ao local receberão camisas e cupons para participar do sorteio de brindes que acontecerá após o passeio, também no estacionamento.








Todo o percurso será acompanhado por batedores da SMTT, ambulância, minitrio, carros de apoio e grupos de ciclistas da região.


Brasil “ganhou” 2,5 milhões de processos apenas em 2013

O relatório “Justiça em Números”, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), aponta que somente durante o ano de 2013, houve um crescimento de 2,5 milhões no volume de processos em tramitação em todo o Brasil. Conforme o relatório do CNJ, estão em tramitação atualmente no Brasil, 66,8 milhões de processos nas primeira e segunda instâncias, além dos tribunais superiores (Superior Tribunal de Justiça – STJ e Tribunal Superior Eleitoral – TSE, por exemplo).

Destes, 28,2 milhões de processos foram instaurados somente no ano passado. No entanto, os juízes conseguiram julgar apenas 25,7 milhões o que resulta em um acúmulo de 2,5 milhões de ações em 2013. Apesar disso, o acúmulo processual ocorrido em 2013 foi aproximadamente 40% inferior ao do ano de 2012. No ano retrasado, a diferença entre novos processos e os julgados foi de 3,5 milhões de ações. Na época, houve 28,2 milhões de processos novos, frente a 24,7 milhões de ações julgadas conforme os dados do CNJ.

“Some-se a isto o aumento gradual dos casos novos, e se tem como resultado que o total de processos em tramitação cresceu, em números absolutos, em quase 12 milhões em relação ao observado em 2009”, aponta o relatório. Ainda pelo relatório do CNJ, o chamado acervo processual (volume de processos ainda em tramitação) cresceu 4,2% no ano passado em comparação com o ano anterior. “É preocupante constatar o progressivo e constante aumento do acervo processual, que tem crescido a cada ano, a um percentual médio de 3,4%”, afirma o relatório.

Pelos dados do CNJ, cada magistrado brasileiro tem sido responsável por 6 mil processos e conseguiu concluir 1,6 mil ações durante o ano passado. No ano de 2012, cada juiz brasileiro conseguiu concluir 1,7 mil ações o que foi visto pelo CNJ como aumento da produtividade da Justiça brasileira. “A alta taxa de congestionamento é causada pela grande quantidade de processos pendentes na fase de execução da primeira instância”, aponta o relatório.

Além da concentração de processos em primeira instância, o CNJ afirma que há um grande problema na fase de execução processual (quando a ação é concluída, precisando apenas dar efetividade aos seus efeitos como, por exemplo, a prisão de condenados ou o pagamento de indenizações). Conforme o estudo, os casos de execução fiscal, por exemplo, tem uma taxa de congestionamento de 91%. “Ou seja, de cada 100 processos que tramitaram no ano de 2013, apenas 9 foram baixados”, descreve o CNJ.

Ainda conforme o número do estudo “Justiça em Números”, o Poder Judiciário brasileiro gastou R$ 61,6 bilhões no ano passado. Custo 1,5% maior do que o ano de 2012, conforme o próprio CNJ. Ao todo, 89,9% da despesa da Justiça brasileira é com pessoal.

Na prática, isso significa que cada processo julgado pela Justiça brasileira custou R$ 2,1 mil aos cofres públicos brasileiros. Ainda conforme os dados do “Justiça em Números”, 55% da despesa do Poder Judiciário vem dos tribunais nos Estados. “Em linhas gerais, há um crescimento da litigiosidade de forma mais acentuada que os recursos humanos e as despesas”, alerta o estudo do CNJ.

*Fonte: Portal Ig

“Queremos dar continuidade ao projeto de Marcelo Déda”, afirma Belivaldo Chagas

Foto: Ascom/SEED
Candidato a vice na chapa de Jackson Barreto, Belivaldo aposta em projeto de desenvolvimento para Sergipe

Após ter atuado na Secretaria de Estado da Educação, o advogado Belivaldo Chagas (PSB), este ano, assumiu outro desafio na política e é candidato à vice-governador na chapa do governador Jackson Barreto (PMDB), que disputa a reeleição. Belivaldo, que também foi vice do ex-governador Marcelo Déda (in memoriam) a partir da eleição de 2006, afirma que aceitou novamente a candidatura por acreditar que Jackson vai agir da mesma forma que Marcelo Déda, “convocando o vice-governador a participar da administração do Estado”.

“Em todas as reuniões, Marcelo Déda fazia questão de convocar o vice-governador. Nos últimos anos, pude trabalhar de maneira mais próxima com Jackson Barreto e vi que ele tem essa mesma preocupação. Ele faz questão de acompanhar o andamento de cada pasta, ele quer ver tudo acontecer”, afirma.

Há alguns meses, Belivaldo havia declarado que não tinha mais pretensão de participar de uma disputa eleitoral. No entanto, ele afirma que aposta “na continuidade do projeto de desenvolvimento para Sergipe” e esse foi um outro fator que o motivou a se candidatar novamente. “Os dois vice-governadores de Marcelo Déda agora estão juntos, para enfrentar uma eleição com o objetivo de, a partir de 1º de janeiro de 2015, administrarem Sergipe”, ressalta.

Questionado sobre por que o PSB não lançou candidatura própria para o Governo, Belivaldo Chagas disse que até houve tentativa, por parte do senador Valadares (PSB), de viabilizar uma chapa. “A partir do momento em que ele não conseguiu apoios para disputar a eleição em pé de igualdade, ele teve que recuar. Mas em momento algum nós interrompemos as conversas com Jackson Barreto”, destaca.

Perspectivas

Em relação ao que os sergipanos podem esperar de um novo Governo, em caso de vitória de Jackson Barreto, Belivaldo ressalta as melhorias que serão implementadas na Saúde. “Nós temos um projeto, que foi iniciado em 2007, e daremos andamento. Vamos melhorar questões de infraestrutura, número de médicos e atendimento. O que precisamos fazer é chamar os prefeitos e conversar sobre a situação no estado. As melhorias são necessárias e o governador Jackson Barreto está ciente disso”, revela. 

Belivaldo destaca ainda que não fará promessas que não podem ser cumpridas. “É demagogia dizer, por exemplo, que vai colocar uma delegacia em cada povoado. Isso é demagogia. Vamos rever toda a situação do Estado. 90% do que foi implementado está dando certo. O que não está, vamos corrigir”, afirma. 

Quando questionado sobre a quantidade de cargos em comissão no Estado, o candidato disse que estes servidores representam apenas 3% da folha de pagamento do Governo, mas acredita que será feito um enxugamento da máquina. “Dizer que vai acabar com os cargos em comissão é demagogia, é mentira, até porque nós temos cargos em comissão que trabalham. Acho que o caminho para o melhor funcionamento da máquina é implementar mudanças na distribuição, redução de secretarias, entre outras ações”, opina. 

Já sobre a Educação, Belivaldo, que foi secretário da pasta no Estado, afirma que o Governo realizou diversas ações, a exemplo de construção e reformas de escolas, mas assume que o setor precisa melhorar em Sergipe e no Brasil. “Temos um projeto voltado para a Educação. Precisamos de mais recursos financeiros para pagar melhor os nossos professores e demais servidores. Não adianta também achar que vamos resolver esses problemas do dia para a noite, se não tivermos, principalmente, o professor com a autoestima elevada”, complementa.

MP recomenda que a Câmara de Vereadores de Porto da Folha realize concurso público

O Ministério Público de Sergipe recomendou ao Presidente da Câmara de Vereadores do Município de Porto da Folha a realização imediata de concurso público e, consequentemente, a exoneração dos servidores comissionados e contratados.

Segundo o Promotor de Justiça Dr. Solano Lúcio de Oliveira Silva, as funções de confiança e os cargos de provimento comissionado destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e assessoramento. “Qualquer outra atividade deve ser exercida por ocupante de cargo ou emprego público, cuja investidura se dê mediante aprovação prévia em concurso de provas ou títulos”, acrescentou Dr. Solano.

O Promotor ainda ressaltou que, em caso de descumprimento da recomendação, será procedido o ajuizamento de Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa em face dos agentes públicos responsáveis pela nomeação em desacordo com a referida norma, com pedido de ressarcimento dos valores da remuneração recebidos irregularmente.

*Fonte: Ascom/MP-SE

Feirão do Limpa Nome começa nesta quarta-feira em Nossa Senhora da Glória

O Tribunal de Justiça de Sergipe, através do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais e Soluções de Conflitos e Cidadania (Nupemec), em parceria com a CDL do município de Nossa Senhora da Glória, realiza o I Feirão do Limpa Nome, que acontecerá entre os dias 24 e 27 de setembro.

Segundo a Juíza Dauquíria Ferreira, Coordenadora do Centro Judiciário de Resolução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), o feirão oferece ao consumidor a oportunidade de negociar as dívidas diretamente com as empresas participantes. “O Nupemec pré-negociou com as empresas e bancos condições de pagamento muito vantajosas para que as pessoas consigam quitar seus débitos. Quem estiver com o nome inscrito no SPC ou Serasa poderá ir até lá e negociar diretamente com a empresa ou banco”, explicou.

Nossa Senhora da Glória é a primeira cidade a receber o feirão e, além dos seus moradores, todos aqueles que residem na região do sertão podem participar. O feirão também acontecerá nas cidades de Propriá, Lagarto, Itabaiana, Aracaju e Estância nos próximos meses.

Confira as datas e horários:

NOSSA SENHORA DA GLÓRIA
Período: 24/09 a 27/09
Empresas: G Barbosa, Banese, Banesecard, Banco do Brasil e mais 12 empresas da CDL local.
Local: Ginásio de Esportes Padre Leon Gregório
Horário: 8h às 15h (quarta-feira a sexta-feira)
8h às 13h (sábado)

PROPRIÁ
Período: 15/10 a 18/10
Empresas: G Barbosa, Unit, Banese, Banesecard, Banco do Brasil e mais 15 empresas da CDL local.
Local: 12 Tênis Clube
Horário: 8h às 15h (quarta-feira a sexta-feira)
8h às 13h (sábado)

ITABAIANA
Período: 29/10 a 01/11 
Empresas: G Barbosa, Banese, Banesecard, Banco do Brasil e mais empresas da CDL local.
Local: CDL Itabaiana 
Horário: 8h às 15h (quarta-feira a sexta-feira)
8h às 13h (sábado)

LAGARTO
Período: 05/11 a 08/11
Empresas: G Barbosa, Unit, Banese, Banesecard, Banco do Brasil e mais 15 empresas da CDL local.
Local: AABB Lagarto - Ginásio de Esportes
Horário: 8h às 15h (quarta-feira a sexta-feira)
8h às 13h (sábado)

ARACAJU
Período: 12/11 a 21/11
Empresas: G Barbosa, Unit, Banese, banesecard, Banco do Brasil e mais 15 empresas da CDL local.
Local: Arquivo Judiciário

ESTÂNCIA
Período: 26/11 a 29/11
Empresas: Banese, Banesecard, Banco do Brasil e mais 15 empresas da CDL local.
Local: AABB
Horário: 8h às 15h (quarta-feira a sexta-feira)
8h às 13h (sábado)

*Fonte: Ascom/TJ-SE

Professor da Universidade Tiradentes lança livro no Museu da Gente Sergipana

“Das aulas avulsas ao Lyceu Provincial” é o título do livro autoral lançado pelo professor do programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Tiradentes, Cristiano Ferronato, na noite da última quinta-feira (18), no Museu da Gente Sergipana. O evento cultural reuniu dezenas de convidados do autor, entre eles, professores que foram prestigiar o colega de profissão.
Foto: Marcelo Freitas

Historiador, doutor em Educação pela UFPB, com estágio doutoral na Universidade de Lisboa, Cristiano aborda em sua obra as primeiras configurações da instrução secundária da província da Parahyba do Norte, entre os anos de 1836 e 1884. Trata-se de uma obra publicada pela Editora Diário Oficial de Sergipe – Edise –, em parceria com a Unit.

Ao falar sobre sua obra, o autor afirma que a mesma representa a culminância de um processo de pesquisa iniciado durante sua graduação. “No início, apenas um pequeno projeto de Iniciação Científica que foi se desenvolvendo até resultar na tese de doutorado dessa importante instituição educacional que eu reputo como não só nordestina, mas como acima de tudo brasileira”, diz o autor ao se referir à Universidade Tiradentes.

O livro aborda a questão da instrução secundária no Brasil Imperial. As análises sobre a instrução secundária nesse período centravam apenas o Colégio Pedro II, desconhecendo esse tipo de instrução no restante do País. “Com esse trabalho a gente mostra que tínhamos instruções sim, e que os homens nordestinos eram muito bem preparados”, afirma o autor.

Ao prestigiar o lançamento, a diretora de Pesquisa e Extensão da Unit, professora doutora Ester Fraga Vilas-Bôas Carvalho do Nascimento ressaltou a importância da política que a IES possui de publicar obras dos seus professores, principalmente aqueles que estão dentro dos programas de Pós-Graduação Strictu Sensu, possibilitando assim a publicização e a circulação de resultados de investigação que são desenvolvidos dentro da academia. Nesse aspecto, a doutora Ester ressalta a importância da parceria com a Editora Oficial do Estado de Sergipe é muito profícua porque permite que as obras publicadas não circulem apenas nas bibliotecas.

A diretora da Editora Universitária Tiradentes, doutora Cristiane Porto, enfatiza que o lançamento literário representa um momento ímpar, especialmente na vida do pesquisador que traz para o público a certeza de que nas universidades o conhecimento está sendo produzido.

*Fonte: Ascom/Unit

José Carlos Machado assume prefeitura

Desde a última segunda-feira (22), quem assume a Prefeitura de Aracaju é o vice-prefeito José Carlos Machado. O prefeito João Alves Filho, tirou licença de 10 (dez) dias. Machado, atual prefeito, dará continuidade às ações normais de João Alves, com diversas ações, fiscalizações de obras e reunião com o secretariado. 

Na manhã de ontem, Machado se reuniu com os secretários Planejamento, Orçamento e Gestão, Igor Albuquerque, da Fazenda, Luciano Paz, de Governo, Marlene Calumby, da Comunicação, Carlos Batalha, e o Procurador do Município, Carlos Pinna Júnior. Durante esses dias, o prefeito José Carlos Machado intensificará o trabalho de João Alves, observando às ações em andamento, dando continuidade ao funcionamento da máquina administrativa.

*Fonte: PMA

Anatel recebe hoje propostas de participantes do leilão de 4G

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) recebe hoje (23) as propostas de preço, garantias e a documentação de habilitação das empresas interessadas em participar do leilão da faixa de frequência de 700 mega-hertz (MHz), que será usada para ampliar a tecnologia 4G no país. A licitação está prevista para o dia 30 de setembro e será julgada pelo critério do maior preço público ofertado para cada lote.

Serão leiloados seis lotes, três com cobertura nacional. O preço mínimo da outorga de cada lote nacional foi estipulado em R$ 1,92 bilhão. Os demais lotes terão preço mínimo de R$ 1,89 bilhão, R$ 29,5 milhões e R$ 5,28 milhões.

A faixa de 700 MHz vai complementar a de 2,5 giga-hertz (GHz), leiloada em junho de 2012, também para a tecnologia 4G. Enquanto a frequência de 2,5 GHz tem mais capacidade e raio de cobertura menor, a de 700 MHz tem abrangência maior e necessita de menos antenas, além de ser usada por diversos países, como os Estados Unidos e a Argentina. Segundo a Anatel, com a utilização da faixa de 700 MHz, será possível levar telefonia móvel de quarta geração e internet em banda larga de alta capacidade inclusive às áreas rurais, a um custo operacional mais baixo, uma vez que essa faixa é ideal para a cobertura de grandes distâncias.

*Fonte: Agência Brasil

Hoje é dia de conferir o caderno Sergipe Notícias!

Já está nas bancas e com todos os assinantes do Correio de Sergipe mais uma edição do caderno Sergipe Notícias, assinado todas as terças pelo jornalista André Barros!
Esta semana, o suplemento traz uma entrevista especial com o presidente da Fecomércio, Hugo França, que destaca a situação do comércio sergipano e as ações da Federação.

Ainda nesta edição:

Coluna By André Barros
Belivaldo Chagas diz que quer dar continuidade ao projeto de Marcelo Déda
Coluna 360 graus, por Marcio Rocha
e muito mais!

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Juiz federal nega acesso à delação de diretor da Petrobras

Foto: Luis Macedo
O Juiz federal responsável pelas ações resultantes da Operação Lava Jato, Sérgio Moro rejeitou nesta segunda-feira (22) o acesso aos depoimentos prestados pelo ex-diretor de abastecimento e refino da Petrobras Paulo Roberto Costa. Os pedidos foram encaminhados pela Controladoria Geral da União (CGU) e pela Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras.

No despacho, Moro explica que, como os depoimentos concedidos sob o regime de delação premiada ainda não foram homologados pela justiça, fica impedido o compartilhamento de informações neste primeiro momento.

"Reconheço o papel relevante da CGU e das CPIs na investigação criminal e no controle da Administração Pública, bem como o auxílio que a Petrobras S/A tem prestado, até o momento, para investigação e instrução dos processos neste feito, bem como o interesse legítimo das três em obter cópia dos supostos depoimentos prestados por Paulo Roberto Costa. Entretanto, o momento atual, quando o suposto acordo e os eventuais depoimentos colhidos sequer foram submetidos ao Juízo, para homologação judicial, não permite o compartilhamento, sem prejuízo de que isso ocorra no futuro".

Amanhã (23), parlamentares ligados à CPMI, que tentaram sem sucesso colher o depoimento de Paulo Roberto Costa na semana passada, se reúnem com ministros do Supremo Tribunal Federal e com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na tentativa de sensibilizar esses órgãos a agilizar o acesso às denúncias de Paulo Roberto Costa. 

*Fonte: Portal Ig

Eleitor ainda pode requerer segunda via do Título de Eleitor

O Eleitor que não estiver de posse de seu título de eleitor, poderá se dirigir até o Cartório Eleitoral da Zona onde mantém sua inscrição e requerer a segunda via do documento até a próxima quinta-feira (25).

Para isso, o eleitor deverá comparecer até o seu Cartório Eleitoral levando documento de identificação como Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, Carteira de Trabalho e Previdência Social, Carteira emitida por órgãos criados por lei federal, controladores do exercício profissional (OAB, CRM, CREA etc.), CNH. Esses documentos devem ser apresentados em original, estar legíveis e em bom estado de conservação, dentro do prazo de validade. O interessado deverá apresentar também cópia do comprovante de residência.

O Eleitor pode comparecer aos Cartórios Eleitorais das 8 às 13h ou nos CEAC’s, da Rodoviária Nova ou do Shopping Riomar, das 7h15 às 17h45.

*Fonte: Ascom/TRE-SE

População aprova novo piso da Praça da Bandeira

Foto: Pedro Leite
"Uma iniciativa louvável, criativa e que deixará a paisagem mais agradável. Moro aqui há 20 anos e nunca vi o poder público fazer qualquer intervenção nesta praça. Ações como esta já deveriam ter ocorrido, pois só trazem benefícios para quem mora, quanto para os comerciantes e quem frequenta este belo canto de Aracaju". O depoimento do artista plástico que também mantém um comércio na Praça da Bandeira, demonstra que a Prefeitura de Aracaju trabalha conectada tanto com os anseios da população, tanto com a moderna engenharia de urbanização e intervenção urbana.

Seguindo exemplo das grandes metrópoles brasileiras, a exemplo de Salvador e Rio de Janeiro, a PMA, por meio da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), está substituindo as pedras portuguesas por uma camada asfáltica do piso da Praça da Bandeira. A medida é importante pois evita gastos com manutenção recorrente com a troca das pedras portuguesas, em virtude de ser um material com maior facilidade de decomposição. Com o novo pavimento, o logradouro proporcionará mais segurança para os transeuntes, paisagismo diferenciado, além de não onerar os cofres públicos com os constantes reparos com o antigo piso.

A medida também agradou a estudante Mayres Silva Militão, que elogia a administração pelo trabalho inovador. "Uma praça tão bonita mas que apresentava aspectos que não condiziam com a grandeza deste belo lugar, mas com este piso agora está ficando bem mais bonito. Sem contar que as pedras portuguesas frequentemente provocavam acidentes e ainda quando chovia algumas poças eram formadas", destaca a estudante que frequenta a praça diariamente.

Há quatro anos o comerciante Renato Alves utiliza o local para vender seus produtos e informa que é a primeira vez que assiste uma intervenção que traz melhorias. "Quem vive aqui é quem sabe como as pedras portuguesas dificultava as pessoas andar. Muitas vezes socorri pessoas que caíam. Este novo piso além de trazer segurança, também deixa o ambiente mais belo" elogia o comerciante.

A jovem Nataly Asmin foi outra que ficou satisfeita com a mudança. Estudante de uma escola próxima à praça informa que diversas vezes assistiu pequenos acidentes, principalmente com pessoas idosas e crianças, que transitavam na praça. "Era esburacada e isso dificultava a locomoção das pessoas, era preciso andar atenta. Por isso concordo com esta mudança", confirmando que os colegas com quem conversa também aprovaram o novo pavimento.

*Fonte: PMA

“Estou alertando as pessoas”, diz Dilma sobre campanha contra Marina

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, afirmou durante entrevista ao “Bom Dia, Brasil” da TV Globo nesta segunda-feira que todos os questionamentos a respeito das propostas da adversária Marina Silva (PSB) constam do programa de governo divulgado por ela, que ironizou as críticas. “É interessantíssimo, tudo que falo está no programa da candidata”, afirmou a presidente, acrescentando que tem de ser julgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a respeito da manifestação da Procuradoria -Geral da República (PGR) de que as peças veiculadas no rádio e na TV incitariam o medo na população ao sugerir, por exemplo, que os demais concorrentes à Presidência extinguiriam programas sociais. “Acho que estou alertando”, disse a presidente.

Dilma afirmou que Marina Silva tem “um alinhamento claro” de posição favorável aos bancos, que ela, Dilma, não tem. A presidente também defendeu as atuais ações do governo voltadas para o incentivo da indústria nacional. Segundo Dilma, Marina é contrária a esses incentivos. 

*Fonte: Valor Econômico

Deus não pode ser usado para justificar violência, diz o papa Francisco

Foto: Tânia Rêgo
O papa Francisco elogiou ontem (21), na capital albanesa, a convivência pacífica entre as religiões que coexistem neste país e disse que “ninguém pode usar Deus como escudo” quando pratica atos de terrorismo. Francisco fez as declarações em encontro com o chefe de Estado albanês, Bujar Nishani, no palácio presidencial.

“Que ninguém tome a religião como pretexto para as próprias ações, contrárias à dignidade do homem e aos seus direitos fundamentais, principalmente a vida e a liberdade religiosa de todos”, acrescentou o papa, que deve passar 11 horas em Tirana. De acordo com o pontífice, o que acontece na Albânia demonstra que a convivência pacífica e frutífera entre pessoas e comunidades que pertencem a religiões distintas não só é desejável, mas também possível e realizável de modo concreto. Para ele, este é um “bem precioso”, que “adquire relevância especial em um tempo em que grupos extremistas desvirtuam o autêntico sentido religioso”.

Francisco lembrou os católicos que foram assassinados durante o período comunista na Albânia, um país que, segundo ele, “depois do inverno de isolamento e perseguições, chegou, por fim, à primavera da liberdade”, com eleições livres e novas estruturas institucionais. Ele ressaltou, porém, agora surgem novos desafios que necessitam de respostas e, “em um mundo que tende à globalização econômica e cultural, é preciso esforçar-se para que o crescimento e o desenvolvimento estejam à disposição de todos, e não só de uma parte da população.”

“O desenvolvimento não será autêntico se não é também sustentável, se não leva em conta os direitos dos pobres, nem respeita o ambiente”, reforçou Francisco.

*Fonte: Agência Brasil

Procuradoria Regional Eleitoral apoia apreensão de placas de propaganda irregular pelo TRE

A Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe (PRE/SE) participou, na última sexta-feira (19), de ação de fiscalização do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe que resultou no recolhimento de mais de cem placas de propaganda eleitoral irregular nos municípios de Aracaju e Itabaiana. A ação foi comandada pelo TRE/SE, que, de acordo com a legislação, tem poder de polícia para realizar diligências, identificar irregularidades, recolher e apreender as placas, que ficarão sob sua guarda.

Para cada peça recolhida, será lavrado um termo de apreensão/arrecadação ou um termo de regularização/remoção de propaganda. Posteriormente, os candidatos com propaganda recolhida serão notificados pelo tribunal.

Durante a fiscalização, foram apreendidas principalmente placas colocadas ou fixadas em local proibido, a exemplo de canteiros e vias públicas. Muitos dos locais de propaganda irregular foram identificados pelas denúncias recebidas através do Whatsapp da PRE/SE (079 8172-8318).

Regras 

De acordo com a legislação eleitoral, as placas de propaganda são permitidas em vias públicas desde que não sejam fixas e que sejam retiradas das ruas entre as 22h e as 6h. Além disso, não podem ser colocadas em calçadas e ou qualquer área que atrapalhe a circulação de pedestres. Também não podem ser postas em jardins e canteiros, nem em qualquer local que atrapalhe o trânsito ou a dirigibilidade, como rótulas e retornos.

*Fonte: Ascom/MPF-SE

Emsurb garante a limpeza de praias da capital

Nos dias de segunda, terça e sexta-feira, agentes da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb) realizam em 20 quilômetros de extensão a atividade de recolhimento de lixo da faixa de areia, regiões de bares e calçadas das praias da capital. A limpeza executada rigorosamente três vezes por semana também é intensificada nas vésperas de feriados e seu dia posterior, assim como na alta temporada turística. 

Segundo o gerente de limpeza urbana, Roberto Gomes, por dia são disponibilizados 36 agentes de limpeza distribuídos em três equipes, que recebem para suas atividades o apoio de um caminhão tipo caçamba e de uma máquina saneadora para a retirada do lixo na localidade. "Por dia é recolhido cerca de 1,5 tonelada de material descartado irregularmente na areia da praia pelos frequentadores e donos de bares. A ação garante a limpeza e o bem-estar dos que se deslocam até este ambiente", explicou.

O comerciante Divino Carlos comentou sobre o serviço. “A limpeza é espetacular, muito boa. Logo cedo quando chego aqui o pessoal já está recolhendo o lixo, mais tarde perto de meio-dia vejo as máquinas passarem por aqui e também no final da tarde. Além disso, os catadores nos orientam a não deixar o nosso lixo naquelas bolsinhas de plástico, por prejudicar o meio ambiente. Os turistas que frequentam minha barraca elogiam a limpeza da nossa praia, dizem ser uma das mais limpas do país. Estou muito satisfeito”, disse. 

*Fonte: PMA

Presidenta nega sucateamento do IBGE e diz que erro será apurado

Foto: Arquivo SN
A presidenta Dilma Rousseff disse ontem (21) que não vê “problemas de gestão” no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nem sucateamento da instituição. Na última sexta-feira (19), o instituto admitiu que errou ao divulgar dado da Pesquisa Nacional sobre Amostra de Domicílios (Pnad), segundo o qual a desigualdade social tinha voltado a crescer no Brasil e divulgou novo número, que mostra leve queda do indicador do ano passado para cá.

Em entrevista coletiva no Palácio da Alvorada, a presidenta disse que o número de funcionários do IBGE subiu 7% entre o governo do ex-presidente Lula e o dela e ressaltou que o conselho diretor do instituto é formado por seus próprios funcionários, sem ingerência governamental. Segundo Dilma, foram criadas duas comissões para apurar a divulgação dos números errados. Uma, de “especialistas independentes, investigará se o padrão técnico da pesquisa foi cumprido” e outra, de sindicância do próprio governo, vai apurar responsabilidades. Os resultados devem ser divulgados em 30 dias.

Sobre a declaração da presidenta do instituto, Wasmália Bivar, de que não se sente confortável no cargo depois dos erros, a presidenta disse que se trata de uma questão pessoal e que não irá julgar antes das apurações. “Até agora, não vi nenhum problema de gestão. Eles têm um problema, sim, de querer fazer simultaneamente várias pesquisas. Tem hora que querem fazer de um jeito, tem hora que querem fazer de outro. Agora, o governo não escolheu a data de divulgação, nós ficamos sabendo junto com vocês [imprensa], na mesma hora.”

Na entrevista, Dilma também voltou a garantir que a inflação começará a baixar até o fim do ano e decartou a possibilidade de um tarifaço. “Nós sabemos que a inflação tenderá para o centro da meta a partir de novembro, dezembro. Nós, e todo o mercado, temos essa expectativa. Também ficamos com uma certeza de que quem fala em tarifaço está mal intencionado. Porque 0,10 [ponto percentual] desse número deve-se ao aumento do preço da energia decorrente da seca. Aqueles que falam que é inexorável um tarifaço, eu não sei o que estão querendo fazer, porque não tem nenhuma necessidade de tarifaço, na medida em que tem vários aumentos ocorrendo ao longo do ano.”

Ela comentou ainda as críticas do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Marco Aurélio Mello, sobre o uso do Palácio da Alvorada (residência oficial da Presidência da República) para eventos e entrevistas relacionados à campanha eleitoral. Segundo Dilma, se ela não usar o palácio, ficará “sem teto”. “Eu respeito muito a posição do presidente do tribunal, mas quero lembrar que todos os meus antecessores usaram o palácio. Até porque, caso contrário, eu serei uma sem-teto. Eu não terei onde dar entrevista, porque não tenho casa aqui. Se não pode ser no Palácio da Alvorada, serei uma sem-teto e irei para a rua dar entrevista. Eu não tenho outro local”, afirmou.

Nesta semana, a presidenta irá a Nova York para participar da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Antes da viagem aos Estados Unidos, Dilma participará de evento de campanha em Minas Gerais.

*Fonte: Agência Brasil