PMA

quinta-feira, 24 de abril de 2014

Venâncio: governo foge do assunto “refinaria” como o “diabo foge da cruz”!

FOTO: Agência Alese
O líder da bancada de oposição na Assembleia Legislativa, deputado estadual Venâncio Fonseca (PP), ocupou a tribuna para cobrar um posicionamento do governo do Estado sobre a polêmica em torno da refinaria de petróleo que seria construída em Sergipe. O parlamentar foi ainda mais longe e questionou o volume de recursos que foram repassados ao longo dos últimos anos para a Saúde Pública. O parlamentar questionou as obras do Proinveste, como constam no projeto, e quer saber em que o governo gastou o volume de recursos que tomou emprestado de 2007 para cá.

Ao iniciar seu pronunciamento, Venâncio se retratou sobre a refinaria de petróleo, cujo investimento seria em torno de R$ 120 milhões e que geraria 450 empregos diretos. “A Revista Veja, de circulação nacional, denunciou esse escândalo da Petrobras. Na semana seguinte trouxe na capa esse senhor, Paulo Roberto Costa, aquele que ia fazer o investimento no nosso Estado, o ‘garoto propaganda’ desse governo!”.

“Esse cidadão está preso pela Polícia Federal e é um dos suspeitos de liderar um grande esquema de lavagem de dinheiro nessas compras e vendas de refinarias. Agora a gente fica preocupado com essas transações para que a refinaria viesse para Sergipe e o governo ficou caladinho, sem dar qualquer satisfação a sociedade da propaganda que fora feita. Quem vai ressarcir os cofres públicos gastos com essas propagandas enganosas?”, completou Venâncio, acrescentando: “o governo foge do assunto como o diabo foge da cruz”.

Saúde 

Venâncio também citou o caso envolvendo o deputado federal André Vargas (PT), alvo de denúncias de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato. A operação investigou um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado R$ 10 bilhões. “Havia um esquema com o Ministério da Saúde. É por isso que eu digo que, muitas vezes, o problema da Saúde não é dinheiro, mas gestão. São esquemas como esse que desfalcam os recursos que deveriam servir ao povo”.

Em seguida, Venâncio se retratou às Fundações de Saúde de Sergipe que, segundo ele, atravessam uma realidade de caos. “Eu não tenho medo de discutir empréstimos para a Saúde. Já fizemos tantos aqui na AL. Já vejo nos jornais que vem aí a mudança da secretária e que o substituto é fruto de uma indicação política, a mesma que jogou a nossa Saúde no fundo do poço!

“Segundo o relatório do conselheiro Clóvis Barbosa, do TCE, o governo já gasta 90% da receita com pessoal. Com esse ‘expresso JB’ que vem por aí, com tantas contratações, vamos passar dos 100% rapidamente. É um poço sem fundo! Podem aprovar R$ 500 milhões. Quanto mais dinheiro emprestado é mais dinheiro saindo pelo ralo! Não venham com esse discurso demagógico de que esse dinheiro é para a Saúde que não é”. 

Em aparte, o deputado Gilmar Carvalho (SDD) disse que , sobre a refinaria, a própria presidente da Petrobras, Graça Foster, disse claramente que a estatal não tinha interesse na refinaria de Sergipe. “É diferente do que vinha sendo noticiado pelo governo do Estado e pelo garoto propaganda de JB, Paulo Roberto Costa. Sobre a Saúde, após uma ação conjunta do MPE e do MPF ficou constatado que o problema da pasta não é de dinheiro, mas de gestão”.

“É muito complicado votar a favor do ProRedes tendo em vista que o próprio governo não faz um gesto de querer aprovar emendas contemplando Glória, Tobias Barreto e Estância. Há também a necessidade de um Centro de Reabilitação para Dependentes Químicos. Não tem um gesto do governo até agora pela aprovação das emendas. Deste jeito eu tenho que votar contra o projeto”, completou Gilmar. 

*Fonte: Agência Alese

PT desiste de recorrer ao Supremo contra CPI exclusiva da Petrobras

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), anunciou nesta quinta-feira (24) que seu partido desistiu de recorrer ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a liminar (decisão provisória) concedida pela ministra Rosa Weber que determinou a instalação de uma comissão parlamentar de inquérito para investigar exclusivamente irregularidades na Petrobras. Apesar de ter atendido ao pedido da oposição, a magistrada admitiu a possibilidade que a CPI trate de outros temas.

Segundo Humberto Costa, em vez de apresentar recurso na Suprema Corte, sua bancada no Senado vai contribuir para a instalação da CPI da Petrobras proposta pelos oposicionistas. “Nós, do PT, resolvemos acatá-la [a decisão provisória do STF] integralmente e abrimos mão de recorrer para fazer andar mais rápido o processo de instalação da CPI”, disse o líder do PT em pronunciamento na tribuna do Senado.

Na noite desta quarta-feira (23), após ter sido divulgado que o despacho da ministra do Supremo havia exigido que a comissão parlamentar investigasse apenas a estatal do petróleo, Humberto Costa afirmou que seu partido iria recorrer ao plenário do STF. O PT, entretanto, mudou de ideia após tomar conhecimeto de que a liminar de Rosa Weber não impedia a apuração de outros temas depois da instalação da CPI.

Estratégia do governo

Na manhã desta quinta, líderes da base aliada se reuniram com o chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, para discutir como proceder diante da decisão da Suprema Corte de impedir uma CPI ampla no Congresso. No encontro, os governistas decidiram evitar discursos que pudessem passar a ideia de que o Palácio do Planalto estava tentando abafar as investigações contra a Petrobras.

"Estávamos o tempo inteiro nos colocando frontalmente contra essa ideia [criação de CPI exclusiva] porque sabíamos que seria usada pela oposição como espaço de debate político-eleitoral na tentativa de desgastar nosso governo. Mas, na medida em que o Supremo definiu, vamos para a CPI e vamos tentar evitar que ela vire um embate político", disse Costa após a reunião com o ministro da Casa Civil.

Apesar do recuo do PT, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou nesta quinta, por meio de nota oficial, que a Casa irá recorrer ao plenário do Supremo contra a decisão de Rosa Weber. No comunicado, Renan defendeu que o "poder investigatório do Congresso" pode se estender por todos os temas de interesse nacional.

*Fonte: G1

Saúde de Aracaju participa de evento do MPT

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Programa Saúde do Trabalhador, irá participar do evento realizado pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), que acontecerá dia 28 de abril. O objetivo é estimular a conscientização e alertar para os acidentes no trabalho. No período da manhã, das 7h30 às 10h30, será realizado um Ato Público no Centro de Aracaju, em frente à antiga sede do Ministério Público Estadual, próximo à Praça Fausto Cardoso. Os interessados deverão realizar inscrição através do site: www.jfse.jus.br/conferencia.html.

Segundo a coordenadora de Atenção à Saúde do Trabalhador Karla Magaly, este ato é uma ação do MPT em parceria com diversas instituições, entre elas a Saúde de Aracaju, através dos programas Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT), Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (CEREST) e Núcleo de Projetos Inovadores (NUPRIN). “Vamos disponibilizar uma tenda com avaliação ergonômica e distribuir material referente à saúde do trabalhador, bem como um canal para denúncias trabalhistas”, explica a coordenadora.

Ainda durante o evento, no período da tarde, acontecerá a I Conferência Estadual com o tema: “Acidentes de Trabalho: prevenção, prioridades e perspectivas”, que será realizada no auditório do TRT, no Centro Administrativo (atrás do Fórum Gumersindo Bessa). Na Conferência serão debatidos vários assuntos relacionados aos acidentes no trabalho, tais como, a individualização da segurança e o impacto humano e social dos acidentes.

*Fonte: PMA

Lucro do Facebook cresce 193% e soma US$ 642 milhões no 1º trimestre

O Facebook, maior rede social do mundo, encerrou o primeiro trimestre com lucro líquido de US$ 642 milhões, 193% superior aos US$ 219 milhões apurados um ano antes. O resultado reflete o bom momento do negócio de publicidade em aparelhos móveis, que representa uma fatia cada vez maior da receita da rede social, em contraste com outras companhias de anúncios digitais, que passam por dificuldades devido aos preços mais baixos.

O lucro ajustado por ação de US$ 0,34 superou com facilidade os US$ 0,24 estimados por analistas consultados pela S&P Capital IQ. As ações da companhia sobem 1% após o fechamento do pregão regular da bolsa de tecnologia Nasdaq, cotadas a US$ 62,84. A receita líquida cresceu 71,6% de janeiro a março, para US$ 2,5 bilhões. O consenso de analistas esperava faturamento de US$ 2,4 bilhões no trimestre.
A publicidade em smartphones e tablets representou 59% da receita total do trimestre, de 30% um ano antes e 53% no quarto trimestre de 2013. 

A companhia continuou a ampliar a base de usuários no trimestre. Houve aumento de 15% no número de usuários ativos mensalmente, na comparação com igual período de 2013, para 1,28 bilhão. O percentual de usuários diários — mais valiosos por um contato mais regular com anúncios e pela inserção de mais informações pessoais usadas para segmentação de publicidade — subiu 21%, para 802 milhões.

*Fonte: Valor Econômico

Câmara aprova PEC da Inovação Tecnológica

A Câmara dos Deputados aprovou ontem (23), em segundo turno, a proposta de emenda à Constituição (PEC 290/13) que trata sobre inovação tecnológica. Aprovado po unanimidade, com 354 votos, o texto acrescenta as expressões ciência, tecnologia, pesquisa e inovação em artigos da Constituição, com o objetivo de ampliar as políticas públicas e a concessão de estímulos da União, dos estados e dos municípios a essas áreas.

A proposta também inclui na Constituição a necessidade de efetivação do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, em regime de colaboração entre os setores público e privado, além de funcionamento a ser regulado em lei federal.

O texto também abre a possibilidade de uso de recursos públicos para fortalecer empresas inovadoras e polos tecnológicos. Pela proposta, a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios poderão ceder temporariamente servidores públicos, equipamentos e de instalações a entes públicos e privados. A proposta segue para o Senado, onde também será votada em dois turnos.

*Fonte: Agência Brasil

Na SN TV WEB, Gilmar Carvalho e André Barros falam sobre o empresário que foi flagrado com três meninas menores de idade e ainda sobre o processo de sucessão da deputada Angélica Guimarães... Assista agora!


       Para ouvir a SN TV, desligue ou abaixe o som da Rádio Classe A no lado direito do blog

Alunos colaboram com Projeto "Doe cabelo, doe alegria"

FOTO: Marcelo Freitas
O projeto ‘Doe Cabelo, Doe Alegria’ organizado por alunos dos cursos técnicos de Enfermagem e Informática do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) do Campus Estância da Universidade Tiradentes e coordenado pela professora Soraya Salim conquista cada vez mais voluntários. Prova disso é a resposta da população sobre o número de doações, mais de 250 cortes, feitas para a Casa Tia Ruth de Apoio à Criança com Câncer, através da Associação dos Voluntários a Serviço da Oncologia em Sergipe (Avosos). E para ampliar ainda mais o projeto, o curso de Estética e Cosmética da Unit, através do Laboratório de Imagem Pessoal e Visagismo, também entra como parceira na ação social.

Estudantes, professores e colaboradores do corpo-técnico administrativo da instituição podem ser voluntários. Basta agendar o corte através do telefone 3218 2265. Os cortes serão realizados todas as sextas-feiras no Laboratório localizado no bloco C, sala 1, Campus Aracaju Farolândia. Além do certificado fornecido pelo projeto, o voluntário será beneficiado com uma escova gratuita. “Essa parceria é muito importante em vários aspectos, pois além da ação social, os alunos estarão praticando as noções de corte adquiridas durante as aulas de imagem pessoal e visagismo”, acredita a coordenadora do curso de Estética e Cosmética, Andrea Vasconcelos.

O projeto ‘Doe Cabelo, Doe Alegria’ também segue em parceria com três salões de beleza credenciados em Aracaju: Funcuts, localizado na galeria Ponto Chic, Bairro Garcia; B’lilla Centro de Beleza, no Bairro Suíssa; e Duvivier Studio Hair, no Bairro Grageru. Os interessados em participar da ação social devem procurar um desses estabelecimentos. O voluntário receberá um certificado de doação. Para mais informações envie e-mail para ascom@avosos.org.br; sorayagsalimcosta@hotmail.com ou através do número 3212-4731.

*Fonte: Acom/Unit

Novas praças são estímulo à leitura

FOTO: Ana Lícia Menezes
‘Livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas'. A frase, do poeta brasileiro Mário Quintana, pode até soar estranha aos ouvidos daqueles que não cultivam o hábito da leitura, mas quem lê sente o impacto de cada história e cada personagem em sua vida. Hoje, no Dia Mundial do Livro, o que chama a atenção na capital sergipana são os novos espaços reservados para a leitura nas praças reformadas.

Em Aracaju, as praças Camerino e Tobias Barreto têm exercido a importante função de propagar o hábito de ler. Recém reformadas pela Prefeitura Municipal de Aracaju, elas contam com um espaço de leitura e de troca de livros, pensado e desenhado pela arquiteta da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), Angélica Rocha. "Quisemos dar mais uma opção de convívio e de encontro para as pessoas. É um mobiliário urbano que gera gentileza, uma gentileza urbana. A gente está tentando trazer equipamentos que integrem a sociedade e levem ao encontro nas praças", explicou a arquiteta.

Angélica conta que a ideia de fazer este ambiente veio do fato de que em diversos outros países já existem espaços desse tipo. A troca de livros é voluntária e não necessita de nenhuma intermediação, o usuário deixa o livro e troca por outro que já está lá. "O livro se torna circulatório, é circulação de cultura entre as pessoas num ambiente aberto. Quando você lê, você vai para outro universo, conquista vários universos sem sair do lugar. A leitura deixa a pessoa com a visão ampla da vida, em todos os sentidos", notou.

Antônia Amorosa, diretora de Cultura e Arte da SEC/Funcaju, reconhece o significado de incentivar e cultivar um espaço de incentivo à leitura. "Quanto mais se busca, de forma criativa, essa interatividade para que as pessoas tenham acesso à leitura, mais produtivos serão os resultados. Não tenho dúvida que o espaço será um sucesso. Apesar de todas as mídias criadas ninguém conseguiu destruir a força, o poder e a grandeza e o que significa um livro nas mãos de alguém, isso não tem preço", contou.

Amorosa, que é uma grande adepta da leitura e de colecionar livros, acredita que é necessário estimular as novas gerações da importância do acesso ao livro e do toque, pois elas estão muito voltadas às novas tecnologias. "A leitura amplia o conhecimento, ajuda na capacidade de articulação. A memorização e a capacidade de expressão é muito mais ampla para aquele que lê. Esse incentivo deve partir não apenas dos educadores, mas também de iniciativas públicas, como é o caso do que está acontecendo hoje nas praças de Aracaju", concluiu.

Quem frequenta as praças também vê muitos benefícios em um ambiente como este. Maurício Andrade, universitário e natural da Bahia, conta que nunca tinha visto um espaço desse tipo na sua cidade. "É um modo de interação indireta, é um espaço de troca de livros, alguém que tem um livro bacana que não queira mais pode deixar ali para que outra pessoa conheça uma história nova", afirmou.

Para ele, que estava conhecendo a praça pela primeira vez, a leitura é algo de muita importância. "Ler é você se deparar com várias outras histórias que podem te acrescentar alguma coisa, várias histórias mundo afora, que podem trazer alguma coisa útil para você no dia-a-dia", disse. Maurício foi visitar a praça acompanhado da colega, Aline Barros, que também estava lá pela primeira vez. "Ler é ver o mundo de outra forma, não só pelo conhecimento, mas a cabeça muda completamente. Agora que eu conheço, pretendo usar esse espaço".

Para Luan Lima, estudante de Artes, as vantagens do espaço vão muito além de apenas incentivar a leitura. "Esse ambiente tem o potencial de mudar a cultura regional, as pessoas são muito distanciadas do lado literário, então colocar isso num espaço público torna possível que muitos participem. Quanto mais livros bons, melhor vai ficar o senso comum das pessoas e o convívio com os outros seres humanos", contou.

Dia do Livro 

O dia 23 de abril foi escolhido para comemorar o Dia do Livro porque nesta mesma data, há 398 anos, morreram dois dos maiores escritores que já existiram, Miguel de Cervantes e William Shakespeare. Cervantes, que morreu aos 68 anos, foi o autor do que é considerado o primeiro romance moderno, Dom Quixote, e exerceu grande influência na língua castelhana. Já Shakespeare, autor de uma das maiores histórias de amor do mundo, morreu com apenas 52 anos e foi um grande poeta e autor de peças de teatro. 

*Fonte: PMA

Ministra do Supremo determina instalação de CPI exclusiva da Petrobras

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o Senado instale comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar exclusivamente a Petrobras. Rosa Weber atendeu a pedido da oposição e rejeitou ação dos governistas, que propuseram investigações também nos contratos dos metrôs de São Paulo e do Distrito Federal, supostas irregularidades no Porto de Suape (PE) e suspeitas de fraudes em convênios com recursos da União, além das denúncias sobre a Petrobras.

A decisão foi tomada pela ministra ao analisar dois mandados de segurança. No primeiro, parlamentares da oposição queriam garantir a instalação de uma CPI no Senado para investigar exclusivamente denúncias envolvendo a Petrobras. Para eles, a comissão não pode investigar vários temas diferentes ao mesmo tempo.

Governistas também entraram com mandado de segurança, pedindo uma definição da Corte sobre o que é “fato determinado” para criação de CPI. O mandado foi protocolado pela senadora Ana Rita (PT-ES), que pediu uma definição do STF sobre o tema, para que não pairem dúvidas sobre a matéria. De acordo com a senadora, o mandado tem por objetivo esclarecer uma questão de ordem da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) sobre o pedido de criação de CPI feito pela oposição, com quatro “fatos determinados”.

O impasse sobre a criação da comissão ficou em torno de dois requerimentos para criação de CPIs, apresentados ao Senado. O primeiro, pelos partidos de oposição, que pedem a investigação de denúncias envolvendo a Petrobras como a compra da Refinaria de Pasadena (EUA); o segundo, apresentado por partidos da base governista, mais abrangente, que propõe investigações também nos contratos dos metrôs de São Paulo e do Distrito Federal, supostas irregularidades no porto de Suape (PE) e suspeitas de fraudes em convênios com recursos da União, além das denúncias sobre a Petrobras.

O posicionamento de Rosa Weber vale até decisão final do plenário.

*Fonte: Agência Brasil